Vamos falar dos Caminhos? Quais são e onde começa?

9 de junho de 2020 Antonio JR

Vamos falar dos Caminhos? Quais são e onde começa?
Eu gosto de iniciar falando do que mais importa. Não é o Caminho, não é de onde sai e sim, a Catedral de Santiago de Compostela. Sua vontade e disponibilidade são os os seus mentores. Dessa forma, você em N possibilidades para fazer o caminho, além é claro, de N motivos.

Com exceção do Caminho de Finisterra onde o ponto de partida é Santiago de Compostela, todos os outros caminhos terminam na Praça Obraidoro.

O Caminho de Santiago ou Caminho de Santiago é uma peregrinação de origem medieval à Catedral de Santiago de Compostela, na região da Galicia na Espanha. Segundo a lenda, os restos do apóstolo São Tiago, o Grande, foram enterrados onde é hoje a Catedral de Santiago de Compostela e encontrados por um eremita que seguiu uma chuva de estrelas até chegar ao local.

Uma história que dura mais de 1200 anos e que revela a origem do nome da cidade: Santiago de Compostela significa São Tiago do Campo das Estrelas.

O Caminho de Santiago foi listado como Patrimônio Mundial da UNESCO por seu importante papel de incentivar intercâmbios culturais entre pessoas de toda a Europa e do mundo por muitos séculos. Hoje, mais do que uma peregrinação, o Caminho de Santiago, é uma experiência e uma viagem únicas de uma vida e as rotas atraem milhares de pessoas de todo o mundo.

São varias rotas e ramificações do Caminho pela Europa, além de pequenos trechos espalhados pelo mundo. Abaixo segue as principais rotas de peregrinação mas antes, é melhor falarmos de onde os peregrinos devem começar.

Antigamente, o caminho era mais selvagem e as peregrinações duravam meses e meses. Os peregrinos partiam de suas residências e cada um fazia um caminho diferente de acordo com a localização dos seus lares.

Atualmente o Caminho Francês é o mais percorrido e os dois inícios mais importantes são na cidade francesa de Saint Jean Pied de Port, há mais de 800 quilômetros de Santiago e Sarria, somente a 100 quilômetros mas que permite o peregrino a retirada do certificado de conclusão.

Mas talvez vocês estão se perguntando. Quais são as rota mais percorridas do Caminho de santiago?

O Caminho de Santiago é uma rede de muitas rotas diferentes, todos levando peregrinos a Santiago de Compostela e todos com sua própria história, patrimônio e charme. Escolher o Caminho certo para você é essencial para você aproveitar ao máximo esta viagem especial.

A cada ano, o Escritório de Peregrinos em Santiago divulga estatísticas que revelam as rotas favoritas dos peregrinos, seu ponto de partida, nacionalidade, etc. Com base nesses números, nossos especialistas em viagens selecionaram as rotas Top Camino de Santiago e o que as torna especiais:

#Caminho Francês
O Caminho Francês é a trilha mais famosa do Caminho de Santiago, com filmes e livros como O Caminho com Martin Sheen e A Peregrinação de Paulo Coelho. Embora não seja a rota mais antiga, é a mais popular e conhecida desde a Idade Média, atraindo hoje cerca de 55% de todos os peregrinos.

Esta rota tem 800kms de duração e leva aproximadamente 5 semanas para caminhar, se você optar por iniciar a viagem a partir de St Jean Pied de Port, mas também pode começar em qualquer ponto ao longo da rota. De fato, muitos peregrinos iniciam seu caminho na cidade galega de Sarria e caminham nos últimos 100 km do caminho Frances em cerca de uma semana. oferece uma experiência Camino verdadeiramente autêntica. O Caminho Francês é conhecido como o Caminho mais social, e você certamente encontrará outros peregrinos enquanto experimenta a cultura local ao longo do caminho.

#Caminho Português
Esta rota foi a trilha tradicional para Santiago de Compostela percorrida por peregrinos portugueses e hoje é a segunda mais popular para os peregrinos. Demora aproximadamente um mês para concluir o Caminho Português andando pela cidade a partir da capital portuguesa, Lisboa; mas o Porto também é um lugar muito popular para começar.

#Caminho Português da Costa
O Caminho Costeiro Português é outra rota extremamente popular do Caminho e é uma excelente alternativa ao Caminho Francês ou ao clássico Caminho Português. Este passeio deslumbrante percorre a costa norte do Porto, em Portugal, até a Espanha, contemplando algumas belas cidades e cenários de pesca. Os frutos do mar ao longo da rota são lindos com produtos frescos servidos na maioria dos restaurantes.

O Caminho Costeiro Português começa na colorida cidade da UNESCO, Porto, e segue o Oceano Atlântico antes de atravessar de balsa até A Guarda, na Galiza, e no coração das Rias Baixas. Passe um tempo nas praias de areia branca do norte de Portugal e do sul da Galiza e mergulhe na atmosfera descontraída da cultura marítima neste caminho pacífico do caminho de Camino.

#Caminho do Norte
O Caminho do Norte começa no País Basco, na elegante cidade de San Sebastián. San Sebastián é uma cidade litorânea reconhecida mundialmente por sua excelência culinária. Este paraíso para os amantes da comida é uma das 10 principais cidades da Europa para restaurantes com estrelas Michelin, o único problema alimentar que você encontrará aqui é escolher onde comer!

O Caminho do Norte leva peregrinos ao longo das aldeias costeiras e cidades da ‘Espanha Verde’, atravessando o País Basco, Cantábria e Astúrias antes de seguir para o interior em direção a Santiago, levando os peregrinos a uma trilha mais fora do comum até Santiago. Você pode dar um mergulho no mar para se refrescar em uma das multidões de lindas praias e apreciar a atmosfera de muitas grandes cidades ao longo do caminho.

#Caminho Inglês
Esta rota tem dois pontos de partida: Ferrol e Corunha e é a rota Caminho mais curta. O Caminho Inglês era a rota preferida para os peregrinos da Grã-Bretanha e Irlanda, que costumavam levar o barco para uma dessas duas cidades costeiras.

Estas são apenas algumas das muitas trilhas de Caminho de Santiago na Europa, para descobrir mais, visite nossa página de caminhos: Rotas de Caminho de Santiago .

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *