Como encarar o medo de caminhar sozinho?

15 de dezembro de 2020 Antonio JR

Como encarar o medo de caminhar sozinho? Já reparou que é você que mais se impõe limites e medos quando o assunto é caminhar sozinho? Seja numa peregrinação ou para tirar uma ideia do papel, você tem aquele medo, aquela voz que insiste em te cutucar e dizer que sozinho é mais difícil do que parece e te leva a inventar mil e uma desculpas para procrastinar. Estamos tão habituados a achar que estar sozinho é algo negativo, que não paramos para considerar os pontos positivos que uma experiência dessa pode nos proporcionar. Caminhar sozinhoPrimeiramente, entenda que tanto na vida, quanto no caminho, estar sozinho é algo normal. Com autoconhecimento você vai aprender a lidar com esses momentos e usá-los a seu favor. É no silêncio que nos aproximamos de nós mesmos. Conexão necessária!

Se você vai caminhar sozinho, tente não se afligir. Você e só você tem o controle da sua mente e, quando você não cuida da sua mente, não encara esse medo de frente e se limita a realizar coisas grandes em sua vida. Comece a caminhar sozinho todos os dias e veja o quanto isso te acrescentará coisas boas. Coragem não é ausência de medo. Coragem é o ato de agir apesar do medo. E somente caminhando sozinho é que você vai descobrir o quão libertador isso pode ser para si.

Em quantas situações da vida você teve que encarar algo sozinho? Quantas vezes, até mesmo nas vitórias, nos vemos cercados apenas do nossos anseios? Tanto na vida, quanto no caminho, tente ver o fato de estar sozinho como algo positivo, como uma oportunidade de se conhecer, de amadurecer. Lembre-se que as pessoas que te amam estarão torcendo por você, mesmo que de longe. Independente de onde estiver, esse amor, esse apoio das pessoas que realmente importam lhe darão forças para trilhar. Estar sozinho é a melhor forma de se conhecer porque é a melhor forma de se aproximar de si mesmo. Encontre a coragem dentro de si e jamais permita que o medo te impeça de realizar coisas grandiosas na sua vida. Assim como o medo, que eu entendo como essencial numa jornada, a coragem também é e está dentro de você. E cabe a você dar o primeiro passo para encontrá-la.

Na prática, faça o seguinte:

#1 – busque caminhar sozinho numa sequência de cinco dias consecutivos a princípio e analise o que isso lhe causou;

#2 – Isso pode acontecer devido ao alto grau de ansiedade, se o medo de caminhar sozinha lhe traz efeitos físicos como suor nas mãos ou aceleração cardíaca, tente procurar um médico com urgência

#3 – Utilize locais inicialmente mais apropriados para lhe causar a sensação de segurança. Evite locais escuros ou caminhar fora de horários mais movimentados;

#4 – Trabalhe formas dentro de você de encarar o medo. Ter medo de ter medo só aumenta o problema. Por isso a dica anterior é super importante;

#5 – Se você tem apego a sua casa ou às pessoas que moram contigo, tente se ausentar para caminhar por mais de uma noite. Veja como se sente e tente ir aumentando esse período. Quanto mais tempo bom com você mais você irá quer estar próximo de você mesmo;

#6 – O caminho por si só é um modo “slow travel”. Mas de qualquer forma, tente fazer tudo com calma e por isso é essencial ter um bom planejamento que evita frustações desnecessárias e que seriam facilmente evitadas.

Venha pra nossa Rede: Facebook   Instagram   Twitter

Veja todos nossos posts do Caminho de Santiago clicando aqui

Quer curtir livros do Caminho de Santiago? Se você já fez o Caminho ou sonha em fazer um dia, esses dois belíssimos livros irão encantar você ! Clique na imagem para conhecer mais:

Livro O Segundo Chamado
Livro Fotográfico Caminho Santiago
clients

Caminharam comigo!

, ,

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *